sábado, 25 de maio de 2013

FILME: Tiger Eyes


Tiger Eyes é um livro escrito originalmente por Judy Blume em 1981, sobre uma menina de 15 anos chamada Davey Wexler, que junto de sua mãe, Gwen, e de seu irmão mais novo, Jason, tenta lidar com o assassinato de seu pai e com as mudanças em sua vida. Com esperanças de começar uma vida nova, os três se mudam para o Novo México, onde Davey conhece um mistérioso garoto.
Olhos de Tigre lida fundamentalmente com questões de perda, luto, mudança, e a força dos laços familiares. A história é narrada do ponto de vista de Davey, sendo oferecida uma alta perspectiva das lutas e mudanças que os Wexler sofrem. É muito recomendando nas escolas americanas como uma excelente leitura para alunos do ensino médio que estão lidando ou que já sofreram alguma intensa mudança ou perda pessoal.
Tiger Eyes é um romance que segue a luta da família Wexler para encontrar a normalidade após o assassinato brutal repentino do pai e marido Adam Wexler. O romance, narrado pela jovem de 15 anos Davey Wexler, detalha os desafios emocionais e físicos destes membros da família. É uma história emocional que retrata a importância e a força dos laços familiares, especialmente durante períodos de provação e tribulação.
Esse romance tem começa no início do funeral do pai de Davey. Adam, o pai de Davey, tinha sido um homem de posses modestas. Ele era dono de uma pequena mercearia com um apartamento em cima em que ele, sua esposa e dois filhos moravam. Na mente de Davey, seu pai era um artista brilhante, que sonhava em um dia abrir sua própria galeria. Este sonho foi interrompido, no entanto, quando Adam foi morto a tiros durante um assalto a sua loja.
Davey e seu pai eram muito apegados, mas esta não é a única razão pela qual ela luta com sua morte repentina. Davey estava na loja na noite do assassinato. Ela tinha saído escondido com seu namorado, Hugh, e estava no quintal, quando ouviu os tiros. Eles correram para a loja e encontraram Adam sangrando muito e pedindo ajuda. Apesar de seus esforços, o pai de Davey morreu antes mesmo de chegar ao hospital. Embora ela estivesse lá na noite que o pai morreu, Davey recusa-se a revelar este segredo para sua família.
Depois do funeral, cada membro da família tenta encontrar um meio de lidar com sua dor. Jason, o irmão mais novo de Davey, começa a usar uma capa de Drácula. A mãe de Davey, Gwen Wexler, se esforça para ser uma boa mãe e a base de sua família, mas sente-se sem forças, caindo aos pedaços. Em sua dor, Davey tenta fechar-se para o mundo. Ela fica na cama por vários dias, recusando-se a comer ou tomar banho. Ela começa a viver em um estado perpétuo de medo. Davey também passa a dormir com uma faca de pão para proteger a si mesma e as pessoas que ama de outro possível ataque. Quando ela voltar a frequentar o colégio poucas semanas depois, tem dificuldade nas matérias e torna-se propensa a ataques de ansiedade que causam até mesmo, perda de consciência. Eventualmente, a mãe de Davey vê que não são apenas os filhos que têm dificuldade em lidar com a perda de seu pai, mas que ela mesma não está conseguindo segurar-se. Então, para tentar reverter a situação e criar uma mudança muito necessária de ritmo, Gwen arranja um novo local para eles ficarem. Trata-se da casa de sua irmã e seu cunhado, em Los Alamos, Novo México.
A tia de Davey, Bitsy e tio Walter não têm filhos e ficam incrivelmente animados em ter Davey e Jason morando com eles. Eles matriculam os filhos de Gwen na escola, e começam a ajudá-los a refazer as suas vidas de volta. Bitsy e Walter tentam criar um ambiente especialmente saudável de uma vida estável para as crianças. Eles encorajam Davey a fazer novos amigos na escola e fazer atividades ao ar livre, como andar de bicicleta. Jason e Bitsy desenvolvem um vínculo estreito de amor compartilhado. Enquanto Bitsy e Walter se aproximam das crianças, Gwen se torna mais reclusa e distante. Isso irrita Davey porque ela sente que sua mãe está deixando a tia e o tio virarem os donos da família. O que ela não entende é que sua mãe está passando por um luto intenso e uma difícil fase depressiva.
Embora esta visita a Los Alamos fosse algo temporário acabou virando algo mais permanente. Gwen, em seu estado frágil, tornou-se dependente de Walter e Bitsy e não podia enfrentar o fato de voltar para sua casa em Atlanta. Ao explorar sua nova cidade, Davey conhece um rapaz misterioso que se chama Wolf. Os dois se conheceram por coincidência, enquanto Davey estava caminhando no desfiladeiro perto da casa de seus tios. Com o tempo, os dois estabelecem uma gradual amizade, mas que ao mesmo tempo é secreta. Davey não sabe a verdadeira identidade de Wolf e ele a conhece apenas pelo nome que ela lhe deu, "Tigre". Apesar de sua relutância em divulgar suas verdadeiras identidades, os dois encontraram consolo e conforto um no outro. Pela primeira vez Davey é capaz de se abrir sobre a morte de seu pai. Wolf também compartilha segredos sobre suas próprias lutas de vida.
Enquanto que no início seu único amigo em Los Alamos era Wolf, Davey rapidamente se torna amiga de Jane, uma aluna do colegial que se esforça para lutar contra suas tendências alcoólicas e as pressões dos pais, que a querem de forma perfeita. É através de sua amizade e o trabalho voluntário com Jane que Davey descobre a a verdadeira identidade de Wolf. O pai dele é um paciente no hospital onde Davey é voluntária e ao longo do tempo os dois se tornam amigos. O pai de Wolf é um paciente com câncer terminal e tanto Davey quanto Wolf, consolam-se uns aos outros quando ele entra na fase final de sua doença.
Após a morte de seu pai, Wolf vai embora, mas promete a Davey que ele irá voltar. Com a partida de Wolf, Davey tem que enfrentar sozinha os problemas que acontecem em sua própria vida. Sua tia e tio parecem ter assumido a família Wexler. Gwen não consegue mais ter autoridade sobre Davey, mas ela permite que Walter e Bitsy falem com ela. Além disso, Gwen começou a namorar um novo homem, depois dos incentivos de Bitsy e Walter. Jason abraçou esta nova vida e este novo sistema familiar, mas Davey recusa-se a fazer isso. Ela se rebeldia contra sua mãe e tios e ataca seu irmão.
Eventualmente, a mãe de Davey pede a ela para ver a conselheira que ela tem visto nos últimos meses em Los Alamos. Na terapia, Davey é finalmente capaz de exalar sua frustração, raiva e culpa a respeito da morte de seu pai. Ela revela o segredo que ela estava lá na noite em que ele morreu. É através de suas sessões com Miriam que Davey é capaz de chegar a um acordo parcial com a perda de seu pai e as mudanças em sua família.
Ao longo de uma noite, depois de jantarem fora sozinhas, Davey e sua mãe têm uma conversa de coração para coração sobre o futuro da família. Gwen revela sua luta pessoal e pede desculpas por sua incapacidade de consolar a filha e ser forte para seus filhos quando eles mais precisavam dela. Ela revela que não irá casar-se com seu namorado Ted, mas que está pronta para voltar a morar em Atlanta se Davey e Jason estiverem prontos. Bitsy e Walter são contra a decisão de Gwen de ir embora, porque eles se tornaram tão apegados à ideia de ter uma família própria, que Davey, Gwen e o pequeno Jason já faziam parte da movimentação e da vida daquela casa. Enquanto eles não têm ideia de como exatamente irão avançar com suas vidas, os três Wexler percebem que simplesmente precisam seguir em frente, mantendo suas vidas juntas, onde quer que eles estejam e onde quer que eles forem.








Nenhum comentário:

Postar um comentário