quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Modelo: David Gandy



A marca italiana Dolce & Gabbana é repleta de clássicos. Além da estampa de onça, a label tem outros ícones. Um deles, inclusive, completou 10 anos em 2011. Como parte das comemorações do aniversário do perfume Light Blue, a grife trouxe o top britânico David Gandy ao Rio de Janeiro para um encontro fechadíssimo com a imprensa da América Latina, no Copacabana Palace. “O clima da cidade está maravilhoso”, comentou o modelo, que, antes de desembarcar na capital fluminense, estava em Londres, enfrentando o rigoroso inverno europeu. O modelo, que já esteve quatro vezes no país, sempre a trabalho, até adaptou o look à nossa temperatura: ele livrou-se dos casacos pesados e optou por um blazer claro e camisa com alguns botões abertos, revelando estrategicamente o seu peitoral, tão comentado desde a divulgação da campanha da fragrância.
Aliás, o filme, rodado na ilha de Capri, na Itália, e dirigido por Mario Testino, é um dos grandes responsáveis pelo sucesso do modelo, que figura na lista dos 10 modelos masculinos mais ricos do mundo, no portal Models.com. “Gravar esse comercial foi uma experiência maravilhosa. Trabalhar com o Mario é ótimo. É como estar em família. Ele é muito rápido e sabe o que quer mostrar. Um dos meus favoritos, ao lado de Mariano Vivanco. Eles fazem as pessoas ficarem incríveis nas fotos”. A aproximação de David com a etiqueta de Domenico Dolce e Stefano Gabbana é bem anterior ao filme. Seu primeiro contato com a dupla foi em 2002, quando ainda era considerado um new face.

“Tenho uma relação longa com a marca. Para mim, é uma honra fazer parte do time. Comecei fazendo os desfiles e fui convidado para estrelar as campanhas em seguida”, relembra.  Além de ser o rosto e o corpo de Light Blue, David já posou para as linhas de prêt-à-porter, de academia, de eyewear e de beleza, só para citar algumas. Apesar do contrato com a grife, David deixa escapar que não usa apenas Dolce & Gabbana em seu dia a dia. “Claro que tenho muitas peças da marca, mas também uso muita coisa vintage”, entrega o top, que entrou para o business após vencer uma competição entre modelos no programa This Morning, do canal britânico ITV. “Não pensava em seguir este caminho, mas gosto do que eu faço”, admite ele, que não esconde seu amor por ternos. Os prediletos? Os da D&G, claro. “São impecáveis”, indica o modelo, que, literalmente, veste a camisa da empresa.

David James Gandy (nascido em 19 de fevereiro de 1980 em Billericay, Essex, Inglaterra) é um modelo britânico. Ele cresceu em Essex em uma família da classe trabalhadora. Depois de ganhar um concurso de modelo, ele se tornou um modelo de sucesso masculino. Por vários anos, ele era o modelo principal masculino para designers italianos Dolce & Gabbana que apresentou a ele em suas campanhas e desfiles de moda. O aumento na popularidade Gandy e reconhecimento do nome resultou em um amplo portfólio de capas de revistas, sessões de fotos editoriais, entrevistas e prêmios da indústria. Ele passou a participar de projetos relacionados com moda e pessoal, como escrever um blog para a Vogue britânica, escrevendo revisões do carro para a British GQ, móveis desenvolvimento de aplicativos e trabalhos de caridade.










Nenhum comentário:

Postar um comentário