sábado, 4 de fevereiro de 2012

Meet Me in St. Louis


Meet Me in St. Louis (Agora Seremos Felizes) é um filme musical estadunidense de 1944, produzido pela Metro Goldwyn Mayer e dirigido por Vincent Minnelli. Conta a história de quatro irmãs que vivem em St.Louis, Missouri na época da Exposição Universal de Saint Louis-EUA, de 1904. Tudo fica de pernas para o ar quando o pai é transferido para Nova York. É uma adaptação feita por Irving Brecher e Fred F. Finklehoffe de uma série de contos de Sally Benson, publicados originalmente na revista The New Yorker.

O filme centra sua ação em uma família de St. Louis, os Smiths, formada pelo pai, mãe, um filho, quatro filhas e o avô, além da empregada, quase uma pessoa da família. Rose, a mais velha, aguarda que Warren, um pretendente de muito tempo, a peça em casamento. A outra filha, Esther, está apaixonada pelo rapaz da casa ao lado, John Truett, apesar de nunca terem conversado. Tudo isso às vésperas da Exposição Universal de Saint Louis de 1904. Uma festa na casa dos Smiths aproxima Esther de John e um passeio de trólebus completa a aproximação.

No entanto, na noite do Dia das Bruxas, a filha mais nova dos Smiths, Tootie, volta para casa aos prantos, suja e machucada, alegando ter sido empurrada por John Truett, a caminho de casa. Esther vai até a casa do moço, tirar satisfações, e o agride. Ao voltar para casa descobre que tudo não passou de uma grande brincadeira feita pela menina, que jogou um boneco, junto com a irmã Agnes, sobre os trilhos do tróleibus, causando uma grande confusão. O rapaz apenas a havia ajudado a "fugir da cena do crime". Esther vai pedir desculpas a John e os dois começam a namorar.

O pai chega com um presente para a mulher e boas notícias: fora transferido para Nova York e a família toda teria que se mudar para lá na época do Natal. A notícia, ao invés de alegrar a todos (como o pai previra), cai como uma bomba e deixa todos chocados.

Quando chega o Natal, os filhos mais velhos Lon, Esther e Rose discutem sobre o grande baile de Natal que acontecerá durante a noite e que será o último evento de que participarão, antes de ir para Nova York. Já quase na hora do baile, Esther fica sabendo que John não irá; o jogo de basquete acabou muito tarde e ele não chegou a tempo de pegar seu smoking no alfaiate. Esther vai ao baile tendo por par seu avô mas, no meio da festa, John chega todo arrumado, para surpresa de Esther.

Ao voltar para casa, Esther sobe a escada e encontra Tootie sentada à janela do quarto que divide com a irmã Agnes. Ela está esperando pelo Papai Noel, olhando toda a família de bonecos de neve que ela e os irmãos haviam feito no jardim de casa. É quando Esther canta "Have Yourself a Merry Little Christmas" para ela. O climax da cena acontece quando Tootie, apavorada com a mudança completa que está para acontecer em sua vida, corre para o jardim e destrói os bonecos a pauladas. Ao ver isso, o pai decide que a família não mais vai se mudar de St. Louis e permanecerá ali, onde é feliz. O filme acaba com a família entrando na abertura da Exposição de 1904.












Principais prêmios e indicações:

Oscar 1945 (EUA)

Curiosidades

  • Este filme ocupa a 10ª colocação na Lista dos 25 Maiores Musicais Americanos de todos os tempos, idealizada pelo American Film Institute (AFI) e divulgada em 2006.
  • Na sequência inicial do filme, quando a Mrs. Smith e a empregada, Katie, fazem catchup, toda a família é apresentada ao espectador ao som da canção Meet Me in St. Louis, que vai sendo cantarolada pelos seus integrantes em diferentes partes da casa.
  • O diretor Vincente Minnelli conheceu sua futura esposa, Judy Garland, no set de filmagens deste filme. Em uma edição em DVD do filme, a filha do casal, Liza Minnelli, comenta que em várias cenas do filme o pai parece emoldurar a figura da mãe, como para realçá-la.
  • No filme, Garland canta as cancões The Trolley Song e Have Yourself a Merry Little Christmas, que se tornaram clássicos depois da estréia do filme. Inclusive, ambas as canções foram incluídas na Lista das 100 melhores canções do cinema estadunidense lançada pelo American Film Institute em 2004.
  • O produtor do filme, Arthur Freed, também escreveu uma das canções executadas no filme.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário