terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Snowboard


O Snowboard é um esporte que consiste em equilibrar-se sobre uma prancha, este porém se faz na superfície nevosa das encostas de montanhas - como o esqui.

A prancha usada deve ser proporcional ao corpo do praticante, ela devendo ter o comprimento do chão até a altura do nariz. A prancha é lisa e não há rodas ou ferros na sua parte inferior. Usa-se prendedores aos pés e as pontas dianteiras e traseiras da prancha são ligeiramente curvadas para cima.

Uma vez que a neve dificulta o impulso da prancha com a ajuda dos pés a única maneira de praticá-lo é descendo as encostas de montanhas. Há modalidades que incluem o uso de halfpipes compridas em declive (estruturas côncavas em formato de meio cilindro) e rampas artificiais para a realização de grandes saltos onde se pode fazer várias manobras antes de se alcançar o chão.

Primeiramente deve-se decidir o pé dianteiro que é colocado na prancha. Pessoas que põem o pé direito na frente são chamadas de goofies (patetas em inglês) e as que põem o esquerdo são chamadas de regulars (normais em inglês).

As pessoas que praticam skate ou surfam, tendem a aprender mais rápido porque a técnica de jogar o peso pra frente e para trás desses esportes é a mesma. As duas coisas que sempre devem ser lembradas são: manter-se nas pontas dos pés ou nos calcanhares e não deixar a prancha ficar completamente encostada no chão. A razão é simples pois quando fica totalmente encostada no chão ela perde a estabilidade e a pessoa cai.

Para frear deve-se pôr o peso do corpo nos calcanhares, procedimento que faz a prancha parar. Cuidado para não exagerar no peso pois senão a prancha desliza e a pessoa também cai. No início é bastante difícil acertar a quantidade de peso que se deve colocar, o que com a prática se arranja o jeito.


A História do SnowboardingAnos 60 e 70
Não é tarefa fácil precisar quando ocorreu o nascimento do snowboard. Já discutiu-se muito sobre quem seria o verdadeiro pai do esporte. Mas seja Sherman Poppen, Dimitrije Milovich, Jake Burton ou Tom Sims, todos foram de imensa importância para o desenvolvimento e crescimento do esporte.

No dia de Natal em 1966, o engenheiro norteamericano Sherman Poppen decidiu juntar dois esquis para suas filha brincar, já que ela insistia em tentar ficar em pé sobre seu trenó. Sherman prendeu os dois esquis lado a lado, colocou tiras de couro e um pedaços de madeira em forma de cruz para servir de apoio para os pés. Foi a esposa de Sherman que sujeriu o nome Snurfer, uma mistura de snow e surf.

As crianças da região começaram a pedir que Sherman fizesse mais snurfers. As pranchas que ele começou a fabricar se tratavam de uma madeira em forma de prancha e que levava uma corda no bico para facilitar o equilíbrio.

A empresa Brunswick comprou os direitos de Sherman e passou a comercializar o produto, obtendo um razoável número de vendas nos anos 60 e 70. A primeira competição de snurfer deu-se em 1968 em Michigan (EUA) e consistia apenas em uma descida em linha reta.

Em 1969 o surfista e esquiador Dimitrije Milovich começou a fabricar pranchas com desenho inspirado nas pranchas de surf, utilizando, além de madeira laminada, metal nas bordas. Assim nasceu o Winterstick, desenhado com uma largura três vezes maior para ser usada sobre o powder (neve fofa). Assim como o Snurfer, a Winterstick não contava ainda com fixações para os pés.

Bob Webber consegue em 1972 a patente para o Skiboard. Sua criação apresentava um formato mais parecido com os usados atualmente.

Em 1975 a revista Newsweek de março publica uma matéria sobre Milovich e seu Winterstick. A matéria, que incluía uma foto em página dupla, serviu para dar reconhecimento nacional ao esporte que se formava.

Por volta de 1977 Tom Sims e Jake Burton Carpenter criaram suas própria empresas e começarama vender seus próprios modelos. Foi determinante a contribuição de Jeff Grell que criou a primeira fixação para os pés, propiciando que em uma competição em 1978, Jake Burton fosse o primeiro homem a usar uma prancha com bindings (fixações).

Na competição anual de Snurfer, em 1979, Paul Graves, atleta patrocinado Snurfer, leva o público ao delírio ao executar quatro 360° no chão, ficando de joelho em uma perna durante parte da descida, e desmontando seu equipamento no final ao tentar um front flip. No mesmo evento, Jake Burton tenta entrar na competição com seu próprio equipamento, gerando protesto de alguns por ter um design não-snurfer. Paul Graves, entre outros, apoiaram a participação de Jake, que venceu na categoria open que acabara de ser criada.

Ainda em 1979, Paul Graves aparece andando de Snurfer na televisão no primeiro comercial com snowboarding da história. O comercial da cerveja LaBatt's ficou no ar durante quatro anos no Canadá e no norte dos Estados Unidos.










Nenhum comentário:

Postar um comentário