sábado, 27 de novembro de 2010

That's right. I'm just crazy about Tiffany's!



A história da Tiffany & Co. começou em 1837, na cidade de Nova York, quando Charles Lewis Tiffany e John B. Young abriram uma loja que vendia papéis, cartões, envelopes e objetos de prata. De estilo Europeu, o negócio pretendia passar uma imagem de simplicidade, bom gosto e elegância.

Em 1867, a empresa conquistou o grande prêmio de qualidade em prata na Exposição Universal de Paris, um reconhecimento nunca antes dado a uma casa norte-americana. Nessa época, Charles Tiffany já havia assumido o controle da empresa e se tornado o primeiro joalheiro a introduzir pedras importantes no mercado dos Estados Unidos.

A história de sucesso da Tiffany ganhou destaque na década de 1870, período em que a empresa adquiriu o maior diamante amarelo do mundo, de 287 quilates, o qual foi lapidado de forma inédita em 90 facetas (até então era usada a lapidação em 58), resultando em um novo brilho para a pedra.Outra inovação se deu em 1886, quando a empresa apresentou a chamada "cravação Tiffany", na qual o diamante ficava fora do aro do anel, suspenso por seis garras, permitindo o retorno completo da luz.

Em 1900, a consagração definitiva veio com a conquista de oito medalhas de ouro na Exposição Universal de Paris, pela qualidade de suas criações.O departamento de arte da Tiffany foi criado por Louis Tiffany, que mais tarde viria a assumir a direção de arte da empresa. Reconhecido por seu bom gosto, criou peças que ficaram para a história, como jóias em forma de plantas e flores.

Em 1956, o talentoso Jean Sclumberger se tornou o designer da marca. Durante o século 20, a Tiffany sempre acompanhou as mudanças nas artes, na moda e no comportamento, conseguindo traduzir de forma ímpar o estilo de cada época.

Entretanto, foi em 1961 que todo o charme e sofisticação da joalheria se eternizou na pele de Audrey Hepburn no filme "Breakfast at Tiffany's". A cena em que ela aparece em frente a vitrine da loja da Quinta Avenida em Nova York é uma das mais célebres do cinema e que traduzem o fascínio das mulheres pelo glamour e sofisticação das jóias Tiffany.

Em 2001, o Brasil ganhou sua primeira loja da marca e, em 2003, o sucesso garantiu a abertura da segunda loja, ambas em São Paulo. Mesmo sendo um luxo para poucos, a Tiffany permanece como símbolo de sucesso e sofisticação, proporcionados pela excelência na criação de suas jóias



Breaksfast at Tiffany:



A história começou em 1950, quando o escritor Truman Capote, especialista em crônicas da sociedade nova-iorquina, lançou o livro “Breakfast at Tiffany’s” (Bonequinha de Luxo).


Onze anos mais tarde, em 1961, Hollywood produziu o filme baseado no livro, convidando a estonteante atriz Audrey Hepburn, para o papel da irreverente Holly Golightly, uma garota de programa que sonha casar com um milionário, de cuja máxima ninguém esquece: “Nada de ruim pode acontecer a você na Tiffany”. A cena em que a atriz contempla a vitrine da TIFFANY & CO.

Enquanto seu príncipe encantado não vem, imortalizou a marca. O filme reforçou essa imagem da TIFFANY & CO. Como símbolo de algo bonito, exclusivo, e também de um lugar muito agradável e gostoso de ir.

Tiffany Diamond:



Em 1877, a TIFFANY & CO surpreendeu o mundo com um dos maiores e mais raros diamantes amarelos jamais vistos, encontrado nas minas de Kimberley, na África do Sul.

Sob a direção de George Frederick Kunz, o primeiro geólogo a ser contratado pela joalheria, o diamante de 287 quilates foi cortado em 90 facetas, fato raro, uma vez que a maioria dos diamantes tem apenas 58, conferindo à pedra um inesquecível brilho de fogo.

 A intenção do artesão, que depois se tornou a filosofia da marca, era fazer o diamante atingir seu brilho máximo, não importando que com isso ele diminuísse de tamanho. Batizado de Tiffany Diamond tornou-se o símbolo da arte da joalheria em lapidação e corte de pedras.

Foi a partir deste momento que a marca passou a ser considerada a Rainha dos Diamantes. Hoje em dia, o Tiffany Diamond, um dos mais fantásticos diamantes amarelos do mundo, está exposto no primeiro andar da loja na 5ª Avenida em Nova York.




































Nenhum comentário:

Postar um comentário